Uma reflexão sobre a vida em tempos líquidos.

Os textos deste Sólido são um mosaico de inquietações geradas, principalmente, a partir das noções de modernidade e amor líquidos do sociólogo Zygmunt Bauman. 

A edição, completamente ilustrada pelo coletivo de artistas dos Estúdios Kazuá, é uma releitura das obras de Joan Miró. 

"Sim: em vez do poeta-profeta, eis a poetisa cifradora, que acolhe e defende o mundo da banalização de seus significados mais óbvios".

"...temos aqui mulher das Letras, fresca de Letras, o que entrevemos não apenas em tantas intertextualidades, tantos diálogos, mas em estilo e temas absolutamente tão atuais quanto duradouros".

"À medida que fui lendo, as feridas causadas pelas inconsistências voltavam a sangrar, mas já as via de forma diferente a partir de uma perspectiva mais sólida".

Antonio Carlos Secchin

Academia Brasileira de Letras

Professor de Literatura Brasileira na UFRJ

Evandro Von Sydow Domingues

poeta, inventor da editora Laphroaig, autor do blog avidanumagoa e professor de Língua Inglesa no CAp UFRJ

Filipi José

Revisor, educador social, graduando em Letras pela UERJ